Nós por aí

Blog de viagens | Viajar é ir

 
 

2024-04-03  (originalmente publicado a 2024-03-20)

Atenas, do antigo esplendor à beleza romântica

Atenas, do antigo esplendor à beleza romântica

 

Localização

LatLng
37º 53' 55.88'' N   23º 50' 5.98'' E

 

Tags

acropole  atenas  grecia  greece  parthenon  

 

 

Adquira o seu guia

Lonely Planet

 

Com mais de 2000 anos, a Acrópole de Atenas continua a fascinar a humanidade. Hoje, é um dos monumentos mais visitados em todo o mundo. Para uns é a glória e o esplendor do passado, o berço da democracia, para outros, é uma fonte de inspiração e visão romântica da arquitetura clássica que continua a influenciar artistas e arquitetos.

Na Acrópole, o Parthenon, dedicado à Deusa Atena, convertido em igreja cristã no tempo do Império Bizantino e mais tarde convertida em mesquita quando tomada pelo império Otomano é colossal. Daqui, avista-se a imensidão da cidade,  lá em baixo há uma infinidade de história e atrações à espera de serem explorados.

Da praça Monastiraki, uma espécie de ponto central, partem ruas e ruelas que nos levam em todas as direções. Percorrer o centro de Atenas é como virar páginas de história que vai da Antiga Grécia à era moderna passando pelos Impérios Romano, Bizantino e Otomano, todas as épocas estão presentes.

Por toda a cidade estão espalhadas igrejas e capelas. Um desses exemplos é a bela Panagia Kapnikarea ou Igreja Universitária Sagrada da Apresentação da Virgem Maria, muito próximo da Monastiraki.

Praça Monastiraky

Santa Igreja da Virgem Maria Pantanassa na praça Monastiraky

 

Catedral Metropolitana de Atenas

Catedral Metropolitana de Atenas

Ali perto, no bairro de Plaka, um dos mais antigos e genuínos da cidade, há antiquários, tabernas tradicionais e restaurantes modernos que celebram a rica herança cultural e gastronómica do país. Provar pratos locais como moussaka, souvlaki e baklava são uma degustação obrigatória para quem visita a cidade. Seja dia ou noite,  durante a semana ou fim-de-semana as ruas estão sempre animadas com muito movimento. A não perder um jantar típico numa esplanada, com musica grega ao vivo.

A influência árabe e turca dos souks é notória no comércio de rua e o mercado Municipal Central de Varvakios é exemplo disso. Aqui há peixe fresco, carne e produtos agrícolas frescos.

Municipal Central de Varvakios

Municipal Central de Varvakios

Continuando a mergulhar na história, na Ágora de Atenas, o coração político, comercial e social da antiga cidade, onde filósofos como Sócrates e Platão discutiam ideias que moldariam o mundo ocidental é possível, visitar a restaurada Estoa de Átalo, um dos maiores edifícios da antiga Atenas. No mesmo complexo museológico visite o impressionante Templo de Hefesto (homenagem ao filho de Hera e de Zeus) que, embora menos conhecido do que o Parthenon, impõe a sua importância e é considerado um dos templos gregos melhor conservados do mundo.

Templo de Hefesto

Templo de Hefesto

O estádio de Panatenaico é o Berço das Olimpíadas da época moderna, restaurado para receber os Jogos Olímpicos de 2004, 100 anos depois dos primeiros Jogos.

O Museu Arqueológico Nacional é outro tesouro imperdível, abrigando uma vasta coleção de artefatos e esculturas que contam a história fascinante da Grécia Antiga.

Ponto de passagem obrigatória é a praça Syntagma, onde está o Parlamento Helénico e o Túmulo do Soldado Desconhecido, onde se pode assistir ao render da guarda.

Praça Syntagma

Parlamento Helenico na praça Syntagma

Atenas, banhada pelo Mediterrâneo, também é mar e praia. Em frente à marginal de Poseidonos, a praia de Bati é frequentada durante todo o ano, nem que seja para jogar xadrez ou gamão, dois jogos muito populares entre gregos. Continuando para ocidente encontramos o Porto de Pireu (ligado na Grécia Antiga, à Acrópole por uma via amuralhada) de onde partiam as armadas gregas para combater no Mediterrâneo.

Mar Mediterânico

Mar Mediterânico

Há muito mais para visitar na cidade, a Ágora Romana, o monumento a Dionísio (estátua do touro) no Sítio Arqueológico de Kerameikos, a prisão de Sócrates entre outros. Vale a pena subir ao monte Philopappos de onde se avista a costa mediterrânica e a Acrópole em todo o seu esplendor.

Atenas é muito mais do que apenas um destino turístico, é uma jornada através do tempo, onde os vestígios do passado se fundem harmoniosamente com o presente, criando uma experiência verdadeiramente inesquecível para todos os que a visitam.

 
🇬🇷 

Grécia

Capital: Atenas

Língua: Grego

Moeda: EUR (Euro)

Fuso hotário: UTC +2

Código telefone: +30

Fronteiras: Macedónia do Norte, Turquia, Albânia, Bulgária

 

Bertrand

Planeie a sua viagem

Use o link dos nossos parceiros

 
 

Também pode ler

 





Visitar Atenas ou outro lugar, o importante é ir, porque "viajar é ir"...

Comente o artigo

segue-nos