Nós por aí

Blog de viagens | Viajar é ir

 
 

2019-09-15  (originalmente publicado a 2018-11-21)

Visitar Fez, a capital espiritual e cultural de Marrocos

Visitar Fez, a capital espiritual e cultural de Marrocos

 

Localização

LatLng
34º 1' 51.01'' N   5º 2' 23.45'' W

 

Tags

africa  berbere  fez  marrocos  

 

 

Adquira o seu guia

Lonely Planet

 

Uma das quatro cidades imperiais de Marrocos, Fez é talvez a mais genuína entre todas elas. Nascida no século VIII (a mais antiga) ainda guarda cultura, costumes e tradições desses tempos.

Vista geral da medina de Fez

Vista geral da medina de Fez

A cidade está dividida em Ville Nouvelle (a parte mais recente ou cidade nova), Fez el-Jedid (construída na sua maior parte no século XIII quando os merínidas tomam o poder) e Fez el-Bali a mais antiga e onde se situa a medina.

A medina de Fez, um gigantesco labirinto onde se situam as madrassas (escolas corânicas) e as mesquitas mais importantes de Fez (uma delas, a universidade e mesquita al Quaraouiyine é a mais antiga universidade do mundo, fundada por Fatima El Fihria em 859. Tem também uma importante e antiga biblioteca).

Medina de Fez

Rua da Medina de Fez

É também na medina que ficam as famosas tinturarias e curtições de peles, com os seus tanques de cores tão característicos, onde o trabalho é totalmente artesanal.

Tinturarias de peles

Tinturarias de peles

Fora da medina (muito próximo da porta Bab Boujloud), fica o bairro Judeu ou Mellah (designação árabe para os bairros judeus) com construções muito diferentes das árabes que vemos na medina.

Rua do bairro judeu em Fez

Rua do bairro judeu em Fez

Este bairro foi fundado por judeus Sefarditas vindos da Península Ibérica aquando da sua expulsão na Inquisição. Hoje em dia já não há judeus a viver no bairro, a maior parte foi para Israel a partir de 1967. Os poucos que ficaram vivem agora na parte nova da cidade.

Ainda assim ficou a Sinagoga Aben Danan, que também tinha a função de tribunal, e atrás desta o cemitério judeu. Fomos recebidos por uma muçulmana que guarda as chaves do templo e que simpaticamente nos guiou. Nesta sinagoga é guardada uma Tora do século XVII, o livro sagrado dos judeus.

Sinagoga de Fez

Sinagoga de Fez

Mesmo ao lado do bairro judeu está o Palácio Real, residência oficial do rei de Marrocos em Fez, construído no século XIV. Tal como todos os palácios reais de Marrocos apenas é permitido ver as portas do recinto que cerca o palácio.

Palácio Real de Fez

Palácio Real de Fez

As portas são feitas com madeira de cedro, cobertas de bronze e ladeadas por colunas e pilares de mármore de Carrara (Itália).

Numa zona mais alta, a Norte da medina fica o forte Borj Nord, construído em 1582, de onde se pode ter uma vista mais alargada de Fez. É também nas encostas das montanhas que norteiam a cidade que ficam os túmulos merídias, já em ruínas, são um dos melhores miradouros para toda a cidade e medina.

Túmulos merídias

Túmulos merídias

Fez é sem dúvida um centro de cultura e tradição, não só marroquino mas também árabe e berbere.

 
🇲🇦 

Marrocos

Capital: Rabat

Língua: Árabe e berbere

Moeda: MAD (Diram)

Fuso hotário: UTC 0

Código telefone: +212

Fronteiras: Espanha , Argélia

 

Bertrand

Planeie a sua viagem

Use o link dos nossos parceiros

 
 

Também pode ler

 






Visitar Fez ou outro lugar, o importante é ir, porque "viajar é ir"...

Comente o artigo

0 Comentários

segue-nos