Milão, mais do que um centro artístico

Itália 

by Nós por aí | 2020-02-12


Inadvertidamente, quem visita Milão, procura em primeiro lugar o Duomo, a majestosa Catedral de Milão situada no centro da cidade na Piazza del Duomo. A verdade seja dita, é um dos melhores sítios para começar uma visita por esta bonita cidade.

Catedral de Milão, Duomo

Catedral de Milão, Duomo

Esta catedral gótica é monumental. Levou quase 500 anos a ser concluída, começou em 1386 (com o arcebispo Antonio da Saluzzo) e finalizou em 1813. Passou pelos Sforza, família governante de Milão, pelo Grande Cisma do Ocidente e por Napoleão, que invadiu o norte da Itália, e posteriormente mandou prosseguir com as obras do Duomo.

Nave central da Catedral de Milão

Nave central da Catedral de Milão

A beleza e grandiosidade exterior é proporcional ao interior: cinco naves com uma altura que 45 metros, sustentadas por 40 grandes pilares. Vale a pena visitar o seu interior e se puder, suba ao telhado (tem que comprar bilhete, e as senhoras não podem ir com os ombros descobertos).

Na mesma Piazza del Duomo ficam as icónicas Galerias Vittorio Emanuele. Construídas em 1865, são um centro comercial com lojas, restaurantes e um hotel, visita obrigatória dos turistas que procuram pelo melhor ângulo para a selfie.

Galerias Victor Emanuele

Galerias Victor Emanuele

Atravessando as galerias saímos numa pequena praça (piazza della Scala) marcada no seu centro pela estátua de Leonardo Da Vinci, ladeada pelos seus ajudantes e numa das laterais do famoso Teatro della Scala.

Estátua de Leonardo em Milão

Estátua de Leonardo em Milão

Caminhando por entre as ruas, chegamos ao Castelo Sforzesco. Um grande castelo-fortaleza, construído em terracota no século XIV, transformado mais tarde num palácio ducal, foi residência dos Sforza, umas das famílias reinantes do ducado de Milão. Hoje alberga alguns museus.

Castelo Sforzesco

Castelo Sforzesco

Entre Castelo Sforzesco e o Arco da Paz fica o parque Giardini Pubblici di Porta Venezia, um jardim onde os milaneses aproveitam as tardes de sol para passear em família.

Fontana di Piazza

Fontana di Piazza

Basta cruzar algumas ruas e chegamos à Basílica de Santa Maria delle Grazie, criado por Donato Bramante. Faz parte do complexo o convento da Ordem Dominicana, mandado construir por Francesco Sforza no mesmo lugar onde estava a pequena capela de Santa Maria da Graça. Esta igreja é ainda mais especial por albergar a Última Ceia, o famoso afresco que Leonardo Da Vinci pintou em 1496. Convém reservar bilhete de entrada com alguma antecedência.

Basílica de Santa Maria delle Grazie

Basílica de Santa Maria delle Grazie

Mas Milão não é só o centro. Mais a sul situam-se os canais do bairro de Navigli, outrora utilizados como vias de comunicação sobretudo para transporte de mercadorias.

 

Como se deslocar na cidade

O Metro é sem dúvida o melhor meio de transporte para nos deslocarmos para todos os lugares de Milão.

Este artigo foi atualizado no dia 2020-02-14.

italia   Milão

País: Italia
Idioma: Italiano
Moeda: Euro (EUR)
Cód.Telefónico: +1 hora
Fuso horário: +1 hora

Se encontrou alguma incorreção neste artigo, por favor, diga-nos.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!