Descobrir a bela Viena

| Áustria |

Unsplashed background img 1

Áustria 

by Nós por aí | 2021-10-17

Conhecida por muitos por ser uma cidade de charme de onde fazem parte nomes sonantes como os músicos Mozart, Beethoven e a Princesa Sissi, Viena tem muito mais para mostrar.

Começando pelo coração de Viena, é visita obrigatória a catedral gótica de Santo Estevão, símbolo e ponto central da cidade. Uma bela igreja construída sob as ruínas do antigo templo romano. É possível subir à torre com 137 metros de altura através de uma escada em caracol e desfrutar do mirante da vista do centro da cidade, infelizmente estava fechada neste dia.

O seu telhado de Azulejos com cerca de 250 mil azulejos  e a Porta dos Cantores, que não podia ser utilizada pelas mulheres, são duas das características desta catedral. No seu interior é possível ver as catacumbas, o sino feito do ferro fundido dos canhões e a imagem de Cristo crucificado, que segundo a lenda, a barba continua a crescer.

Numa rua mesmo atrás da catedral fica a casa onde viveu Mozart, hoje transformada num museu dedicado ao músico e compositor.

Catedral de Santo Estevão

Catedral de Santo Estevão

Dali continuamos a percorrer as ruas do centro e fomos dar a uma pequena praça, com uma fonte central, que convidava a sentar numa das esplanadas. Aqui encontra-se uma bela igreja renascentista Franciscana. O interior é muito bonito.

Igreja franciscana

Igreja franciscana

Continuando pelas inúmeras ruas vamos dar à praça de Pestsäule onde está a coluna da Santíssima Trindade (finais do século XVII), construída para homenagear as vítimas da peste. Ali perto está a Igreja de São Pedro, inspirada na Basílica de São Pedro em Roma, vale a pena entrar.

Nesta praça, no final do dia, é habitual verem-se vários artistas de rua a actuarem com música clássica e ópera.

Praça e coluna da Santissima Trindade

Praça e coluna da Santíssima Trindade

Continuando a andar para Sul vamos dar à Ópera de Viena, considerada uma das melhores e mais famosas do mundo, foi inaugurada em 1869 com a ópera de Mozart “Don Juan”.

Ópera de Viena

Ópera de Viena

Muito próximo,  fica a Galeria Albertina onde se podem ver obras de Renoir, Monet, Matisse, Miró, Cezanne e Picasso.

Não precisamos andar muito para chegar ao quarteirão dos museus. Dois grandes edifícios, com um jardim no centro, onde estão o Museu de História Natural e o Museu da História da Arte. Em frente a estes está o Palácio Imperial de Hofburg, o centro do poder dos Habsburgo que o utilizavam também como residência de Inverno. O palácio é parte de um vasto complexo composto também pela Biblioteca Nacional Austríaca, a Escola Espanhola de Equitação, gabinetes do presidente da Áustria e alguns museus.

Kunsthistorisches Museum

Kunsthistorisches Museum

 

Palácio de Hofburg

Neue Burg do Palácio de Hofburg

O edifício da Câmara municipal de Viena (Rathaus), governo e Assembleia do Estado de Viena, é magnífico. É um edifício de 1872 com uma torre gótica muito ao estilo da Europa do Norte. No interior do Rathause também existe o restaurante histórico “Wiener Rathauskeller”.

Em frente, um grande jardim e do outro lado da estrada o Burgtheater, ou Teatro Nacional da Áustria,  mandado construir em 1741 pela imperatriz Maria Teresa da Áustria.

Câmara de Viena

Câmara de Viena

Ali perto está a Igreja Votiva de Viena (Votivkirche), com as suas torres gémeas de 99 metros de altura. Esta igreja foi mandada construir, em 1853, pelo irmão do imperador Francisco José, o arquiduque Ferdinand Maximilian, imperador do México, como agradecimento a Deus por salvar a vida do seu irmão. Este templo tem enormes vitrais que o enchem cheio de luz. No seu interior, o altar da Virgem de Guadalupe, onde se destaca a “Vela Barbara” com 4 metros de altura e 3 de largura.

 

Igreja Votiva

Igreja Votiva

Continuando a caminhar na direcção Sudeste encontramos a igreja de São Carlos ou Karlskiriche, uma igreja do século XVIII consagrada ao padroeiro do imperador Habsburgo. São características principais desta igreja as duas colunas frontais que fazem lembrar a coluna de Trajano em Roma.Aqui estão representadas as cenas da vida de São Carlos Borromeu.

Karlskiriche

Igreja de São Carlos ou Karlskiriche

Um pouco mais afastado do centro fica o palácio de Belvedere  – Scholoss Belvedere (fotografia de capa), mandado construir pelo príncipe  Eugénio Francisco de Sabóia, que mais tarde passou para as mãos da imperatriz Maria Teresa. É hoje um museu e galeria onde são exibidas temporariamente várias exposições. A bela sala de mármore central é um ex-libris do palácio. Os jardins podem ser visitados livremente.

Um pouco distante do centro da cidade ficam o palácio e jardins de Schönbrunn, muito comparados com o palácio de Versalhes em Paris, era o palácio de verão da família real da Áustria.

Ali bem perto, a cerca de 70 Kms, fica Bratislava a capital da Eslováquia, aproveite e faça uma escapadinha até lá.

Este artigo foi atualizado no dia 2021-11-03.

austria   Viena

País: Austria
Idioma: Alemão
Moeda: Euro (EUR)
Cód.Telefónico: +43
Fuso horário: +1 hora


 

Se encontrou alguma incorreção neste artigo, por favor, diga-nos.

Porque viajar seguro é importante
IATI Seguros de viagem


0 Comentários

Deixe o seu comentário! (tem de efectuar o login para deixar comentário)